A importância da comunicação no ambiente de trabalho será discutida no Qualifica Teresina desta segunda (28)

Independente da profissão ou atividade, a habilidade de se comunicar é imprescindível na vida pessoal e dentro de uma empresa. Mesmo assim, muitas pessoas não conseguem se comunicar bem no ambiente de trabalho. Que tipo de impressão isso causa nas pessoas? Como passar credibilidade as pessoas utilizando uma boa comunicação? Por que há tantas falhas na comunicação? O entrevistado do Qualifica Teresina desta segunda-feira (28) responderá a todos estes questionamentos e esclarecerá porque a habilidade de se comunicar bem é uma das mais procuradas por empresas e líderes no mercado atual.

Jefferson Xavier é Arte Educador, Profissional de Marketing, especialista em Marketing e Vendas, Gestão de Pessoas, Practitioner em PNL, coach de comunicação, consultor, palestrante, co-autor dos livros “Líderes em Ação” e “Liberte seu Poder”.

“Apesar da comunicação ser diária, vital e permanente, precisamos aprimorá-la e adequá-la às diversas situações com que nos deparamos. Afinal, a comunicação é fundamental para a socialização e cada momento, evento ou contexto demandam formas diferenciadas de mensagem”, afirma Jefferson Xavier.

O Qualifica Teresina vai ao ar todas às segundas-feiras dentro do programa Cultura Mix Primeira Edição na Rádio FM Cultura de Teresina, 107,9 MHz de 9h às 9:30 da manhã.

Projeto “Profissionalizar para Inserir” é apresentado em solenidade com Prefeito e instituições parceiras

O Projeto Profissionalizar para Inserir, que tem como objetivo qualificar públicos e segmentos em situação de vulnerabilidade social foi lançado na manhã desta terça-feira (22) na sede da Vice-Prefeitura de Teresina. A parceria com instituições sociais e governamentais da cidade vai oportunizar capacitação efetiva e mais inclusiva.

O Prefeito de Teresina, Firmino Filho, que esteve presente na solenidade, ressalta o crescimento da Fundação Wall Ferraz nos últimos anos: “Para nós é uma alegria perceber que a Fundação Wall Ferraz vem crescendo e qualificando os teresinenses com seu trabalho sério e tradicional e também desenvolve projetos que tem como público alvo pessoas mais vulneráveis e que precisam de uma maior atenção do poder público”, pontuou.

“O Projeto Profissionalizar para Inserir representa uma oportunidade para que aquelas pessoas que passaram por algum processo de violação de direitos ou exclusão social possam através da profissionalização descobrir seu potencial, buscando o seu lugar na sociedade e efetivamente despertar a iniciativa sócio produtiva’’, diz a Presidente da FWF, Samara Cristina.

Ao todo, onze organizações sociais e governamentais parceiras vão receber os cursos de qualificação profissional ofertados pela Fundação Wall Ferraz. São elas: Ascamte, Amor de Tia, CAPS III, CAPS AD, CREAS, Casa do Oleiro, Casa Esperança e Vida, Casa do Caminho, Centro de Referência Esperança Garcia, Centro POP e Pestalozzi. Os cursos ofertados vão atender mulheres em situação de vulnerabilidades social, pessoas com deficiência, em situação de rua, em tratamento de câncer, dependentes químicos e jovens que cumprem medias socioeducativas.

Segundo o Gerente Executivo da Casa do Caminho, que atende pessoas em situação de rua, Edson Araújo, as pessoas em situação de rua são extremamente vulneráveis em todos os aspectos de seus direitos sociais: “Hoje a Casa do Caminho oferece serviços que, de alguma forma garantem todos esses direitos e a FWF para coroar esses serviços através da capacitação e oportunidade de empregabilidade, proporcionando novos ares para vida de cada um deles e os enchendo de expectativas fazendo a transformação social de suas vidas.”

Fundação Wall Ferraz convoca nove instrutores aprovados

Mais nove aprovados foram convocados na manhã desta terça-feira (22) para compor o quadro de instrutores da Fundação Wall Ferraz. Os novos instrutores vão atuar nas áreas de Gestão e Negócios Turismo e Lazer, Idiomas, Informática e Confecção Têxtil, ministrando aulas nos cursos de Assistente Administrativo, Operador de Caixa, Organizador de Eventos, Espanhol Instrumental e Confecção do Vestuário.

“Com esta décima segunda convocação de instrutores aprovados por meio de processo seletivo nós renovamos mais uma vez o principal objetivo da Fundação Wall Ferraz, que é proporcionar qualificação profissional ao teresinenses”, afirmou Thayse Aguiar, Gerente de Capacitação da Fundação Wall Ferraz.

Os convocados devem comparecer à sede da sede da FWF – Praça Marechal Deodoro (Praça da Bandeira), n°900, das 07h30min às 13h nos dias 23 e 24 de maio munido dos originais e cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, título de eleitor e comprovante de quitação eleitoral, certificado de reservista (caso seja do sexo masculino), certidão de nascimento ou casamento, comprovante de residência recente e foto 3×4 recente. O candidato convocado que não comparecer no prazo determinado será considerado desistente, sendo automaticamente excluído do Processo Seletivo Simplificado, convocando-se o candidato imediatamente subsequente.

As inscrições para o processo seletivo de instrutores de 2018 aconteceram de forma eletrônica no site da Fundação Wall Ferraz, no período de 05 a 09 de fevereiro, e o resultado final do processo seletivo foi divulgado no dia 2 de março, no site da instituição.

Confira a lista de convocados

 

 

Fundação Wall Ferraz lança agenda de cursos do Projeto Profissionalizar para Inserir

 Em busca de atender segmentos e demandas específicas da população de Teresina, a Fundação Wall Ferraz lança, na manhã desta terça-feira (22) a agenda de cursos do Projeto “Profissionalizar para Inserir” que será realizado em parceria com instituições da cidade realizando uma capacitação efetiva, de qualidade e mais inclusiva.

A solenidade de lançamento dos cursos vai acontecer na sede da Vice-Prefeitura de Teresina, localizada na rua Manoel Nogueira Lima, 1347, no bairro Jóquei Club, zona Leste da capital as 11:00h da manhã e deve contar com a presença dos representantes das instituições e do Prefeito de Teresina, Firmino Filho.

Para Samara Pereira, Presidente da Fundação Wall Ferraz, o Projeto “Profissionalizar para Inserir” representa uma oportunidade de profissionalização para grupos que muitas vezes são desacreditados: “O que esses grupos precisam é de motivação e oportunidade para despertarem seus talentos, desenvolverem suas habilidades e progredir profissional e intelectualmente”, pontua.

O presidente da Ascamte (Associação dos Cadeirantes do Município de Teresina), Wilson Gomes, aprova a iniciativa da Fundação Wall Ferraz e explica a importância de levar capacitação profissional a grupos específicos: “É muito importante levar qualificação para grupos que muitas vezes são vistos como incapazes ou menores. A sociedade e o mercado de trabalho exigem uma maior e melhor qualificação e nós cadeirantes não podemos ficar de fora dessa realidade”, explica.

Ao todo, onze organizações sociais e governamentais parceiras vão receber os cursos de qualificação profissional ofertados pela Fundação Wall Ferraz. São elas: Ascamte, Amor de Tia, CAPS III, CAPS AD, CREAS, Casa do Oleiro, Casa Esperança e Vida, Casa do Caminho, Centro de Referência Esperança Garcia, Centro POP e Pestalozzi. Os cursos ofertados vão atender mulheres em situação de vulnerabilidades social, pessoas com deficiência, em situação de rua, em tratamento de câncer, dependentes químicos e jovens que cumprem medias socioeducativas.

Também estão entre os beneficiados do Projeto “Profissionalizar para Inserir” a juventude negra e a população LGBT da cidade que tem acesso a uma formação inicial e continuada, que visa profissionalização e inserção no mercado de trabalho. O projeto também desenvolve uma política dirigida com base em demandas específicas e construídas de maneira coletiva com as representações de cada segmento para a realização de uma capacitação cada vez mais inclusiva.

Qualifica Teresina vai falar sobre felicidade no ambiente de trabalho

Dentro de uma empresa os trabalhadores sempre buscam bem-estar, acolhimento e oportunidade para desenvolverem suas habilidades e competências. Quando isso não acontece da maneira esperada pode gerar dificuldades e frustrações. Qual importância de fazer o que gosta? Como ser realmente feliz no ambiente de trabalho? De quem é a responsabilidade na felicidade do colaborador? Estes e outros questionamentos sobre a gestão da felicidade no ambiente de trabalho serão respondidos no Qualifica Teresina desta segunda-feira (21) pela convidada especial Samaira Souza.

Samaira Souza é administradora, consultora em Recursos Humanos, especialista em gestão estratégica de pessoas e mestranda em gestão das organizações.

O Qualifica Teresina vai ao ar todas as segundas-feiras dentro do programa Cultura Mix Primeira Edição na Rádio FM Cultura de Teresina, 107,9 MHz de 9h às 9:30 da manhã.

 

 

Fundação Wall Ferraz realiza Ação de Cidadania especial no mês das mães 

As ações de cidadania do mês de maio serão especialmente dedicadas às mães. Serviços que promovem a beleza, desenvolvimento de habilidades artísticas e proporcionam bem-estar e integração social com a comunidade serão levados para os Centros de Capacitação dos bairros Itaperu, Poty Velho, Parque Brasil, Leonel Brizola, Redenção e Piçarreira no próximo sábado, 19, de 8h às 12h.

“As atividades de cidadania levam serviços que valorizam o cuidado pessoal, contribuindo para a elevação da autoestima e despertando habilidades muitas vezes desconhecidas por essas mulheres durante a realização das oficinas produtivas”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Raimunda Teixeira, Chefe do Centro de Capacitação do bairro Poty Velho reforça a importância de levar serviços especiais às mães teresinenses: “A população sempre abraça esse tipo de ação, porque envolve a comunidade e todos podem ter acesso a serviços de qualidade e gratuitos. E essa ação é mais que especial pois é em homenagem as mães de Teresina”, ressaltou Raimunda, que em parceria com outras instituições vai ofertar Limpeza de pele e oficina artesanal de colares de cerâmica na Ação de Cidadania deste sábado.

Todas as ações, oficinas e cursos promovidos pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e promovem cidadania, integração, capacitação e qualificação profissional.

 

Fundação Wall Ferraz recebe doação de livros do Senac Piauí

O Senac Piauí realizou a doação de 200 livros didáticos para a Fundação Wall Ferraz. Os exemplares contemplam as mais diversas áreas e servirão como fonte de pesquisa para os alunos e instrutores.

“Esse é um momento de enriquecimento institucional. Iremos disponibilizar o material didático recebido nas nossas Bibliotecas para que tanto nossos alunos como nossos instrutores, possam utilizá-los no processo da educação profissional”, ressalta Samara Pereira, presidente da Fundação Wall Ferraz.

Martha Senna, diretora do Senac Piauí, afirma que a doação é uma oportunidade de contribuir positivamente com a Fundação, “o Senac Piauí possui um excelente material didático. Sem dúvidas esses livros serão bem utilizados e contribuirão para a educação profissional de muitos estudantes”, pontua.

Foto: Ascom Senac Piauí

Projeto “Profissionalizar para Inserir” vai qualificar cadeirantes de Teresina

Em busca de atender as demandas de promoção de capacitação e avançar na perspectiva de inclusão no mercado de trabalho, a Fundação Wall Ferraz, através do projeto “Profissionalizar para Inserir”, vai ofertar oportunidades de ingresso das pessoas com deficiência em turmas específicas de Artesanato em Papel a fim de reforçar a importância do estímulo a iniciação produtiva e empreendedorismo. O curso deve ter início em junho.

Em reunião realizada com representantes da Ascamte (Associação de Cadeirantes do Município de Teresina) e assessores técnicos da FWF foram ouvidas as demandas do grupo e as adequações de horários que devem ser feitas para que o atendimento seja viabilizado.

“Esse curso de Artesanato em Papel, ofertado pela Fundação Wall Ferraz a Ascamte tem como principal finalidade habilitar os cadeirantes para uma atividade produtiva, de modo que após esse curso o grupo possa desenvolver atividades no ramo autônomo, de empreendedorismo, melhorando sua renda, obtendo independência financeira”, pontua a Assessora Técnica da Fundação Wall Ferraz, Elimária Marques.

“O curso na área de artesanato é bastante viável para os cadeirantes que querem uma renda, que querem aprender e empreender”, afirma o presidente Ascamte, Wilson Gomes.

A Fundação Wall Ferraz, que através do projeto “Profissionalizar para Inserir”, também oferece formação inicial e continuada às mulheres vítimas de violência, dependentes químicos, juventude negra e população LGBT, visando sua profissionalização e inserção no mercado de trabalho desenvolve uma política dirigida também aos deficientes com base em suas demandas específicas e construídas de maneira coletiva com as representações do segmento para a realização de uma capacitação mais efetiva e de qualidade.

 

Workshop do Balcão do Trabalhador reúne 47 jovens na manhã desta segunda-feira (14)

A cada dia o mercado de trabalho fica mais exigente e competitivo, e com isso, a procura por profissionais cada vez mais qualificados aumenta. Nesta hora a capacitação profissional se torna um diferencial para quem busca o tão desejado emprego. No Workshop de Orientação Profissional realizado na manhã desta segunda-feira (14) pelo Balcão do Trabalhador, 47 jovens e adultos puderam tirar dúvidas em relação a construção de currículos e entrevistas de emprego.

Marta Aires, que está há três anos em busca de um trabalho formal, vê no workshop uma possibilidade de se atualizar sobre as exigências das empresas: “Momentos como esse, oferecidos pela Fundação Wall Ferraz, são de grande importância para quem está longe do mercado de trabalho formal e também para quem busca o primeiro emprego. Hoje, todos nós presentes aqui, pudemos nos atualizar sobre o que as empresas buscam quando resolvem contratar um colaborador. Saio daqui muito satisfeita”, conta esperançosa.

“Todo mundo tem dúvidas em relação a construção de um atrativo e entrevista. Com o workshop a gente busca diminuir ou mesmo sanar essas inseguranças. O ideal é que o candidato seja o mais claro e objetivo possível tanto ao construir o currículo como na hora da entrevista. Nada de mentir, falar de cursos que nunca fez, inventar experiências. Quando você tenta enganar o selecionador dando informações inverídicas, você já está dizendo que é um mentiroso, que não é uma pessoa confiável”, afirmou Átila Araujo.

A estudante do ensino médio, Jessica Kelly, ressalta a importância do workshop para quem busca o primeiro emprego: “Acredito que esse treinamento vai me ajudar bastante quando eu estiver em uma entrevista, pois agora eu tive realmente uma noção de como esse processo da seleção é realizado e do que as empresas buscam nos candidatos, mesmo aqueles sem experiência”.

O Workshop de Orientação Profissional, realizado a cada 15 dias pelo Balcão do Trabalhador é gratuito e aberto ao público. Neste mês de maio os encontros acontecem no auditório da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) a partir de 9 horas da manhã. Após o treinamento o participante tem o seu currículo cadastrado no banco de dados do Balcão do Trabalhador, vinculado à Fundação Wall Ferraz.

 

Fundação Wall Ferraz divulga a 10ª convocação dos instrutores

A Fundação Wall Ferraz divulga nesta sexta-feira a décima convocação dos instrutores selecionados para atuarem na área de artesanato, ministrando com o curso de artesanato em Cerâmica.

Os candidatos convocados deverão comparecer na Gerência Pedagógica e de Capacitação, na sede da Fundação Wall Ferraz – FWF, com sede na Praça Marechal Deodoro da Fonseca, nº 900, Centro, nos dias 14 e 15 de maio, no horário das 8h às 13h, para apresentação e entrega dos documentos exigidos.

As inscrições para o processo seletivo de instrutores de 2018 aconteceram de forma eletrônica no site da Fundação Wall Ferraz, no período de 05 a 09 de fevereiro, e o resultado final do processo seletivo foi divulgado no dia 2 de março, no site da Fundação Wall Ferraz.

Clique aqui e confira