Oito pessoas em situação de rua atendidas pelo Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua -Centro POP- concluíram o curso de Artesanato em Mosaico. O curso, realizado pela Fundação Wall Ferraz através do Projeto Profissionalizar para Inserir foi iniciado em junho e foi encerrado na manhã de ontem (13).

“É uma iniciativa diferenciada e histórica que a Fundação Wall Ferraz vem desenvolvendo desde o ano passado. Nós entendemos que a formação profissional, quando levada a essa população, ela é mais que uma simples formação profissional. Essa qualificação oportuniza chances reais de aprendizado e mais que isso, leva voto de confiança. Então quando a gente abre essa oportunidade nós estamos dizendo que essa pessoa é capaz, que ela pode e que nós acreditamos em seu potencial”, pontuou a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Manoel Mendes, aluno assíduo das aulas, o curso é uma grande oportunidade de aprender uma profissão e mudar de vida: “O curso é importante, pois posso buscar um novo meio de vida. E também é uma forma para me reintegrar à sociedade”, afirma.

O Projeto Profissionalizar para Inserir é desenvolvido pela Fundação Wall Ferraz e tem o principal objetivo de levar qualificação profissional para pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, como dependentes químicos, mulheres vítima de violência, população LBGTT, população em situação de rua, jovens em cumprimento de medidas socioeducativas e pessoas com deficiência.

O Centro POP é mantido pela Prefeitura de Teresina através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) e funciona de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 18h. Caso a população queira entrar em contato com o Centro para identificação de pessoas em situação de rua, deve ligar para o número 3215-9317.

Comentários (1)

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).