FWF e Semjuv oferecem cursos de capacitação para jovens

A Fundação Wall Ferraz em parceria  com a Secretaria Municipal da Juventude dará início, na próxima semana, as inscrições para o projeto “Jovem que Trabalha” com cursos de capacitação profissional em diversas áreas.

Dentro do programa de autoria da vereadora Fernanda Gomes, os cursos têm o objetivo de estimular a geração de emprego e renda para jovens, oferecer qualificação e experiência profissional e diminuir o impacto de reflexos na atividade econômica para a juventude.

“Essas ações são ricas, uma vez que nosso maior objetivo é a geração de emprego e renda para os jovens, a fim de qualificar para que eles tenham espaço no mercado de trabalho”, comentou a Secretária Municipal da Juventude, Eliana Lago.

Segundo a Vereadora Fernanda Gomes, essa ação foi pensada ainda durante a campanha quando ela via a necessidade dos jovens terem experiência profissional para entrar no mercado de trabalho.

“O desemprego que nos move, a falta de experiência dificulta a entrada no mercado de trabalho, e, na maioria das vezes,não é a falta de qualificação, mas sim a falta de experiência exigida nas empresas para esses jovens”, enfatizou a Vereadora Fernanda Gomes.

“Qualificação profissional é importante em qualquer momento da vida do ser humano, sobretudo para a juventude, que deseja ingressar no mercado de trabalho e anseia o seu primeiro emprego, nada melhor que ter a oportunidade de realizar um curso de qualificação profissional, para que aprenda um ofício, tenha uma certificação e tenha esse sonho de ingressar no mercado de trabalho facilitado. A Fundação Wall Ferraz por meio da Prefeitura de Teresina com o apoio da Semjuv, visa sanar essas dificuldades ofertando esses cursos de qualificação profissional para a juventude”, pontuou o presidente da Fundação Wall Ferraz, Maykon Silva.

Dentre os cursos oferecidos estão vendedor, balconista de farmácia, assistente administrativo, recepcionista e operador de caixa.

As inscrições estão prevista para iniciar na próxima segunda – feira(23), no site na Semjuv.

Confira aqui o cronograma de oferta

Centro de Capacitação do Dirceu finaliza primeiro modulo de curso

Os alunos do Curso de Operador de Microcomputador do Centro de Capacitação, do bairro Dirceu Arcoverde, concluíram o primeiro módulo do curso oferecido pela Fundação Wall Ferraz.
As aulas , com participação de 12 alunos, começaram no dia 10 deste mês e terminaram na última sexta-feira, totalizando uma carga horária de 15 horas.

“É muito gratificante participar de momentos como esse . Afinal temos a certeza de que estamos capacitando pessoas para o futuro. Só temos a agradecer a FWF pela parceria que tem sido muito ágil no sentido de atender nossas demandas para a qualificação profissional de jovens e adultos” , afirmou, Dhymas Sousa, gerente do Centro de Capacitação Dirceu Arcoverde.

O segundo módulo do curso de operador de microcomputador, no Dirceu Arcoverde, começa, nesta segunda-feira (17/05) e será encerrado no próximo dia 24, com carga horária de 85 horas.

FWF inicia cursos presenciais em Teresina

A Fundação Wall Ferraz deu inicio, nesta segunda-feira (10/05), ao cronograma de cursos presenciais, nos centros de capacitação que funcionam em vários bairros de Teresina.

A concorrência aos empregos teve um crescimento significativo durante a pandemia, exigindo do candidato, mais competência e qualificação profissional. Por isso, esses cursos tem como objetivo deixar os alunos atualizados, com novas perspectivas e ideias, preparando-os para lidar com as novas exigências do mercado do trabalho.

No Centro de Capacitação, do bairro Dirceu Arcoverde, foram iniciadas as aulas da turma de “Operador de Microcomputador”. Já o Centro de Capacitação, do Leonel Brizola, iniciou o curso de “Operador de Caixa”.

“Apesar das contribuições dos cursos online, as atividades presenciais devem ser mantidas porque asseguram o desenvolvimento de competências e habilidades essenciais aos alunos, especialmente nesse período de pandemia”, defende Maykon Silva, presidente da FWF.

FWF e Semcaspi articulam parceria para realização de cursos

A Fundação Wall Ferraz e a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas deram inicio, nesta terça-feira (04/05), a uma parceria visando o oferecimento de cursos e workshops voltados para pessoas com deficiência (PcD).

A reunião contou com as presenças do presidente da FWF, Maykon Silva, e o coordenador do “Projeto Abrace Nós”, da Semcaspi, Ricardo Oliveira. Ficou acertado que a fundação reservará um percentual de 20% do número de vagas, para pessoas com deficiência, de todos os cursos oferecidos pela FWF.

Os cursos serão ministrados nos centros de capacitação da fundação, espalhados nos bairros de Teresina e começarão pelo polo da Vermelha. O curso de empreendedorismo terá início no próximo dia 10/05, e o de informática, no dia 17/05.

“Ficamos muito contente com a reunião de hoje, onde podemos estreitar a relação com a FWF e também poder vê essa parceria se desenvolvendo, já que a fundação sempre esteve presente nos nossos projetos,” ressaltou, Ricardo Oliveira.

FWF e SMPM iniciam parceria para capacitar mulheres

A Fundação Wall Ferraz e a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres deram o primeiro passo para a realização de uma parceria visando atender mulheres em situação de vulnerabilidade social, em Teresina.

Na primeira reunião entre as duas secretarias ficou definido que a FWF irá elaborar um cronograma com cursos profissionalizantes que serão oferecidos às mulheres atendidas pelos programas desenvolvidos pela SMPM.

Ao todo serão beneficiadas cerca de 600 mulheres atendidas pelo Florescer – Serviço de Atendimento Integral as Mulheres e Suas Crianças e pelo Centro de Referência as Mulheres em Situação de Violência “Esperança Garcia”.

“Estamos trabalhando para empoderar as mulheres da nossa capital e isso se faz com autonomia financeira. Por isso buscamos a FWF para oferecer cursos profissionalizantes que possam inserir essas mulheres no mercado de trabalho”, ressaltou Carol Leal, secretária executiva da SMPM.

“Foi uma reunião bastante produtiva para criação desse projeto que vai permitir que mulheres menos favorecidas ingressem no mercado de trabalho de forma digna”, afirmou Pedro Ferreira, superintendente executivo da FWF.

FWF divulga cronograma de Worshops “On-line” para o mês de abril

Mesmo diante do atual cenário de pandemia, a Fundação Wall Ferraz segue com suas ações de qualificação profissional, no universo online, para continuar atendendo com segurança, a demanda de quem busca um emprego ou se recolocar no mercado de trabalho.

Nesse mês de abril, A FWF realizará mais três workshops de orientação profissional com os seguintes temas: 15/04 – Desenvolvendo habilidades como diferencial de carreira; 21/04 – Características sócioemocionais para se destacar em processos de seleção e 28/04 – Como fazer melhor escolha de carreira profissional.

“Em um mercado cada vez mais competitivo, é preciso buscar meios para se destacar da concorrência e adquirir habilidades e competências para conseguir um cargo profissional de qualidade. Com os workshops e outras ações de qualificação profissional estamos dando oportunidades para jovens que buscam o primeiro emprego e profissionais querem voltar ao mercado de trabalho”, afirmou Maykon Silva, presidente da FWF.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no site da FWF(fwf.pmt.pi.gov.br), a partir desta terça-feira(13) . Para entrar na sala os inscritos deverão utilizar o aplicativo “Google Meet” que pode ser acessado pelo computador ou Smartphone.

Venezuelanos concluem curso de “corte de cabelo” da FWF

A Fundação Wall Ferraz finalizou hoje (16), o curso de “corte de cabelo masculino” para 15 venezuelanos, no Centro de Capacitação do Itaperu. “Apesar da pandemia estamos levando qualificação profissional a quem mais precisa nesse momento”, ressaltou Maycon Silva, presidente da FWF.

Durante duas semanas, os participantes aprenderam as técnicas de linha, graduação e camadas, através de aulas completas, ensinadas passo a passo, para que todos pudessem executar, de forma prática e precisa, os cortes mais pedidos nos salões, tornando-se experts em vários estilos.

“Eles chegaram sem nenhum conhecimento técnico dessa atividade. Mas agora estão capacitados nessa arte da transformação. A pedido do grupo também fizemos um novo módulo sobre química capilar”, relata Keila Silveira, instrutora da FWF, na área de imagem pessoal.

No ano passado todos os participantes do curso deixaram a Venezuela, que enfrenta um caos político, econômico e institucional. Com a falta de emprego e de recursos básicos para a sobrevivência por lá, esses venezuelanos, assistidos pela PMT, podem criar agora, condições para viver em Teresina.
“Gostei muito do curso, porque aprendi uma nova atividade e agora tenho a possibilidade de arranjar um trabalho aqui”, afirmou Cilios Pacheco, venezuelano de 20 anos, que veio da cidade de Maruska.

Abertas as inscrições para o III Workshop Online de Orientação Profissional da FWF

Estão abertas as inscrições para o III Workshop Online de Orientação Profissional com o tema “Novas tendências em recrutamentos e seleções” que vai acontecer no próximo dia 26/08 (quarta-feira). O Workshop é destinado àqueles que pretendem ingressar ou retornar ao mercado de trabalho, e visa preparar gratuitamente os interessados para os concorridos processos seletivos das empresas. ⁣⁣⁣
⁣⁣
Através da ferramenta Google Meet, os inscritos serão orientados sobre as principais redes sociais e plataformas que disponibilizam as vagas e oportunidades de trabalho, bem como poderão tirar duvidas quanto a forma de envio, cadastro e tipo de currículo para cada segmento. ⁣
⁣⁣
As vagas são limitadas! Após a inscrição os interessados irão receber via e-mail a confirmação e o link de acesso a sala digital. Para entrar na sala os inscritos deverão utilizar o aplicativo “Google Meet” que pode ser acessado pelo computador ou smartphone. ⁣⁣
As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no site da FWF(fwf.pmt.pi.gov.br)

Moradores do Teresina Sul concluem curso profissionalizante

Cerca de 30 moradores do Residencial Teresina Sul foram profissionalizados através de um curso oferecido pela Prefeitura de Teresina por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF). Com o encerramento do curso de decoração com balões os moradores da comunidade agora estão aptos a ingressarem no mercado de trabalho, podendo atuar em eventos particulares e profissionais.

Amparo Ribeiro, técnica da Fundação Wall Ferraz, destaca que o objetivo dos cursos oferecidos pelo órgão é atender as demandas da população em diferentes bairros da capital. “Trabalhamos em parcerias com entidades comunitárias, que são associações da sociedade civil. Essa parceria garante a oferta de cursos que contemplam diversas áreas de atuação e oportuniza mais qualificação para os teresinenses”, explicou Amparo.

A realização do curso de decoração com balões foi uma reivindicação do Conselho Comunitário do Teresina Sul I e II. De acordo com Ana Barbosa, presidente da entidade, essa parceria fortalece o movimento comunitário e valoriza a população das regiões periféricas da cidade que não dispõe de recursos para realizar cursos particulares na região central. “Ficamos felizes por ter recebido este curso e temos a certeza que através dele as alunas vão mudar de vida, pois agora elas poderão ter renda própria para colaborar nas despesas do orçamento familiar”, disse Ana.

Uma das alunas do curso foi Lara Rocha, que afirmou ter procurado a qualificação por ter visto uma oportunidade para ganhar uma renda extra para sua família. “Um curso como este, realizado de forma gratuita e perto de nossas casas, garante a pessoas como eu uma oportunidade justa para que possamos adquirir conhecimento profissional”, afirmou.

Os cursos oferecidos pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e os interessados em participar devem atentos ao calendário divulgado pelo site fwf.pmt.pi.gov.br. As entidades sem fins lucrativos que desejam ser parceiras na realização de cursos devem procurar a sede da entidade para oficializar a intenção.

Teresinenses são capacitados para atuarem em farmácias da capital

Os estabelecimentos que comercializam medicamentos, cosméticos e produtos de higiene pessoal passam a contar, a partir de agora, com novos profissionais capacitados pela Prefeitura de Teresina, através da Fundação Wall Ferraz. O Curso de Atendente de Farmácia realizado no Centro de Capacitação do Dirceu II, na zona Sudeste da capital, garantiu a 35 moradores da região a oportunidade para que eles possam ingressar no mercado de trabalho.

Segundo o presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima, apesar de serem vistas como um comércio, as farmácias também são um estabelecimento de saúde, e para atuar na área o profissional deve ter no mínimo um curso profissionalizante e obedecer a diversas regras que regem os profissionais de saúde. “Ao longo dos dois últimos anos tem crescido visivelmente o número de farmácias na capital, mas muitas vezes elas deixam de contratar a mão de obra por falta de profissionais qualificados, por isso estamos melhorando a oferta nesta área, garantindo oportunidade para aqueles que buscam ingressar no mercado de trabalho”, afirma Scheyvan Lima, esclarecendo ainda que o atendente de farmácia não substitui o farmacêutico, que é uma função diferente, e com nível educacional superior.

O curso teve duração de 60 horas aulas, e foi ministrado pela professora Kelly Ane Costa, formada em Biologia/UESPI e em Farmácia/FSA, e que faz parte do corpo de instrutores da Fundação Wall Ferraz. Ela conta que ficou muito feliz com a oportunidade de passar seus conhecimentos para aqueles que desejam mudar de vida através de um emprego digno, e que os alunos tiveram os mesmos métodos de aprendizado utilizados pelos cursos particulares. “Foi um curso muito rico com um material didático bem elaborado. As aulas conciliaram a teoria discutida em sala de aula com a prática, através de uma simulação realística daquilo que eles irão encontrar no mercado de trabalho”, disse a professora, afirmando que ficou surpresa com o desempenho dos alunos.

Na sala de aula, a pedagoga Ivonete dos Santos, que reside no bairro Renascença II, aproveitou cada momento para aprender os ensinamentos oferecidos durante o curso, a ideia dela é deixar a profissão atual para atuar no atendimento de farmácia. “Esta foi uma oportunidade muito boa para nós que não temos acesso a cursos particulares, com o que aprendi já estou apta a trabalhar em qualquer farmácia, só que também pretendo fazer o curso de Libras, para ser algo a mais no meu perfil profissional”, comenta Ivonete Santos.

Além das noções técnicas da área da saúde, os alunos também participaram de aula em que foram debatidos temas relacionados à ética e moral, educação ambiental, qualidade de vida, noções de direitos trabalhistas e empreendedorismo. Essa segunda etapa foi ministrada pela professora Lea de Sousa Macedo, formada em Serviço Social, e que também faz parte do quadro de instrutores da Fundação Wall Ferraz.

Todos os cursos oferecidos pela Prefeitura de Teresina e Fundação Wall Ferraz são gratuitos e para participar basta que o interessado fique atendo ao calendário de novos cursos no site fwf.pmt.pi.gov.br. O curso de Atendente de Farmácia faz parte do Projeto Profissionalizar Teresina, que neste final de ano está capacitando cerca de mil teresinenses.