FWF está com consulta aberta sobre oferta de cursos do Profissionalizar Mulher

Desde o início do mês a Fundação Wall Ferraz (FWF) está com uma enquete aberta no aplicativo COLAB. A enquete tem o objetivo de captar o interesse das mulheres teresinenses por capacitação e qualificação profissional. O questionário para consulta estará disponível até o final do mês de junho.

Para acessar a pesquisa e enviarem suas solicitações e demandas, as mulheres devem baixar o aplicativo COLAB e fazerem um cadastro. Essa consulta pública com participação direta do público que será atendido pelo Profissionalizar Mulher é uma inovação na construção da política municipal dirigida.

Na primeira fase do Projeto Profissionalizar Mulher, de 2013 a 2015, a Fundação Wall Ferraz qualificou mais de 1000 mulheres em diversas áreas, incluindo algumas tidas como exclusivas do universo masculino, como é o caso da Construção Civil.

O COLAB tem sido utilizado pela Prefeitura de Teresina desde 2014 e é uma ferramenta criada com o objetivo de conectar pessoas que desejam reportar e divulgar demandas de suas respectivas regiões, servindo como ponte entre a população e o poder público.

Usuários de Android e iOS podem baixar do aplicativo do COLAB gratuitamente em seus smartphones e compartilhar as demandas de seus bairros.

Não deixe de participar!

Fundação Wall Ferraz levanta interesse de mulheres por profissionalização

A Fundação Wall Ferraz, em parceria com a Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), lançou uma pesquisa, por meio de questionário, no aplicativo COLAB que tem como objetivo, captar o interesse das mulheres teresinenses por capacitação e qualificação profissional, dentre alguns cursos que serão postos como opção. Esta pesquisa irá subsidiar as ações da FWF nos projetos direcionados ao público feminino em nossa capital, como o Profissionalizar Mulher. Para acessar a pesquisa e enviarem suas solicitações e demandas as mulheres devem baixar o aplicativo COLAB e fazerem um cadastro.

“Essa pesquisa pública da Fundação Wall Ferraz, que está ativa no aplicativo COLAB, tem como objetivo saber quais são as preferências das mulheres em relação aos cursos que serão ofertados. Nós queremos saber quais cursos as mulheres de nossa cidade querem fazer, quais áreas de atuação profissional elas mais anseiam, por isso a importância dessas mulheres participarem da pesquisa e informarem esses dados. Nosso intuito é sistematizar as ações da Fundação Wall Ferraz para a profissionalização de mulheres, buscando uma capacitação inclusiva e que oportunize as mulheres a lutarem por autonomia, incremento de renda e igualdade de direitos já que ela vai ter a mesma qualificação e vai poder estar no mercado de trabalho de igual para igual”, pontuou Heline Silva, Assessora Técnica da Fundação Wall Ferraz.

O Projeto Profissionalizar Mulher, que conta com parceria da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, será relançado neste ano e vai incluir outros cursos de capacitação voltados para mulheres e que devem atender principalmente mulheres em situação de vulnerabilidades social que são atendidas por programas sociais do Governo Federal. Na primeira fase do Projeto Profissionalizar Mulher, de 2013 a 2015, a Fundação Wall Ferraz qualificou mais de 1000 mulheres em diversas áreas, incluindo algumas tidas como exclusivas do universo masculino, como é o caso da Construção Civil.

COLAB tem sido utilizado pela Prefeitura de Teresina desde 2014 e é uma ferramenta criada com o objetivo de conectar pessoas que desejam reportar e divulgar demandas de suas respectivas regiões, servindo como ponte entre a população e o poder público.

Usuários de Android e iOS podem baixar do aplicativo do COLAB gratuitamente em seus smartphones e compartilhar as demandas de seus bairros.

 

 

Fundação Wall Ferraz estuda utilização da ferramenta Colab.re

Em tempos em que a população busca cada vez mais a praticidade no dia a dia e a rápida resolução de suas demandas, a Fundação Wall Ferraz, juntamente com a equipe técnica da Secretaria Municipal de Planejamento e do Colab.re se reuniram na manhã desta quarta-feira, 11, com o intuito de estudarem maneiras de utilização da ferramenta pela instituição.

O Colab.re tem sido utilizado pela Prefeitura de Teresina desde 2014 e é uma ferramenta criada com o objetivo de conectar pessoas que desejam reportar e divulgar demandas de suas respectivas regiões, servindo como ponte entre a população e o poder público.

Na Fundação Wall Ferraz, a ferramenta será utilizada principalmente para divulgação de assuntos relacionados a qualificação profissional e mercado de trabalho.  Também está sendo estudada a possibilidade da população utilizar a ferramenta para se inscrever, nos workshops e oficinas, ofertados pela Fundação, através do Balcão do Trabalhador.

“Estamos em um momento de ampliação do trabalho dentro da Prefeitura e estamos fazendo reuniões com as secretarias e instituições para que a gente consiga estender esse serviço de forma orgânica a outros órgãos do município, de modo que essas instituições possam se comunicar mais diretamente com o cidadão”, explicou Dalila Ramalho, coordenadora de projetos do Colab.re.

Usuários de Android e iOS podem baixar do aplicativo do Colab.re em seus smartphones e compartilhar as demandas de seus bairros.