Curso na área de moda profissionaliza teresinenses

O projeto “Profissionalizar Teresina” está ajudando a realizar o sonho de conquistar a profissionalização de 25 moradores da região do bairro São Joaquim, na zona Norte da capital. Através do Curso de Corte de Costura em Tecido, oferecido pela Fundação João Alves de Deus – FUNJAD, por meio de uma parceria com a Fundação Wall Ferraz (FWF), o projeto leva formação profissional às diferentes comunidades através de ONGS, entidades comunitárias ou religiosas.

Para Samara Pereira, Superintendente Executiva da Fundação Wall Ferraz, a qualificação profissional é uma ferramenta fundamental para quem almeja conquistar sucesso no mundo do trabalho. “O objetivo da Fundação Wall Ferraz é levar formação profissional às diferentes pessoas, comunidades e bairros de Teresina. Desta forma, tornamos acessíveis novas oportunidades de melhoria de vida através do aprendizado e capacitação profissional, de modo que depois de qualificados, os alunos tenham novas perspectivas de inserção no mercado de trabalho. Seja para quem busca inserção no mercado formal ou mesmo quem desenvolve atividades autônomas, é essencial estar bem preparado para realizar as atividades”, pontua.

Uma das alunas do curso foi Leidiciane da Silva, de 28 anos, ela conta que já tinha uma pequena experiência na área, mais era algo que ela tinha aprendido com o tempo, e que não a qualificava para atuar no mercado de trabalho. “Com o curso aprendi a manusear a tesoura, usar máquina industrial e ainda a trabalhar de forma adequada com o tecido, e agora estou preparada para confeccionar qualquer tipo de roupa”, conta Leidiciane da Silva, afirmando ainda que já está confeccionando a roupa de sua família, e que seu próximo passo é abrir um atelier.

Os cursos oferecidos pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e os interessados em participar devem atentos ao calendário, que é divulgado através do site fwf.pmt.pi.gov.br. As entidades sem fins lucrativos que desejam serem parceiras na realização de cursos devem procurar a sede da entidade para oficializar a intenção.

Moradores do Teresina Sul concluem curso profissionalizante

Cerca de 30 moradores do Residencial Teresina Sul foram profissionalizados através de um curso oferecido pela Prefeitura de Teresina por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF). Com o encerramento do curso de decoração com balões os moradores da comunidade agora estão aptos a ingressarem no mercado de trabalho, podendo atuar em eventos particulares e profissionais.

Amparo Ribeiro, técnica da Fundação Wall Ferraz, destaca que o objetivo dos cursos oferecidos pelo órgão é atender as demandas da população em diferentes bairros da capital. “Trabalhamos em parcerias com entidades comunitárias, que são associações da sociedade civil. Essa parceria garante a oferta de cursos que contemplam diversas áreas de atuação e oportuniza mais qualificação para os teresinenses”, explicou Amparo.

A realização do curso de decoração com balões foi uma reivindicação do Conselho Comunitário do Teresina Sul I e II. De acordo com Ana Barbosa, presidente da entidade, essa parceria fortalece o movimento comunitário e valoriza a população das regiões periféricas da cidade que não dispõe de recursos para realizar cursos particulares na região central. “Ficamos felizes por ter recebido este curso e temos a certeza que através dele as alunas vão mudar de vida, pois agora elas poderão ter renda própria para colaborar nas despesas do orçamento familiar”, disse Ana.

Uma das alunas do curso foi Lara Rocha, que afirmou ter procurado a qualificação por ter visto uma oportunidade para ganhar uma renda extra para sua família. “Um curso como este, realizado de forma gratuita e perto de nossas casas, garante a pessoas como eu uma oportunidade justa para que possamos adquirir conhecimento profissional”, afirmou.

Os cursos oferecidos pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e os interessados em participar devem atentos ao calendário divulgado pelo site fwf.pmt.pi.gov.br. As entidades sem fins lucrativos que desejam ser parceiras na realização de cursos devem procurar a sede da entidade para oficializar a intenção.

Fundação Wall Ferraz capacita moradores da zona Sudeste

Cerca de 50 moradores da região do Grande Dirceu, na zona Sudeste de Teresina, conquistaram essa semana o sonho da profissionalização, através de cursos gratuitos oferecidos pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz. Foram realizados, através do Projeto Profissionalizar Teresina, os cursos de Corte de Cabelo e Escova, no Bairro Parque Progresso II, e o de Manicure e Pé de Cure, no Residencial Dom Hélder Câmara.

Segundo o presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima, estes cursos garantem aos alunos a oportunidade ideal para que eles consigam se inserir no competitivo mercado de trabalho, gerando renda para suas famílias. “Muitos destes alunos pretendem abrir o próprio negócio, e isso faz com que a cidade possa ser beneficiada com os investimentos feitos nestes cursos que ocorrem de forma gratuita em várias comunidades da capital”, conta Scheyvan Lima.

A presidente da Associação de Moradores do Parque Progresso II, Marizelia Castro, comenta que a parceria do setor público com as entidades comunitárias é muito bem vinda e ajuda a manter vivo o movimento comunitário. “Nossa comunidade recebeu com alegria a notícia da chegada deste curso profissionalizante, e a prova disso foi que as vagas encerraram horas após o início das inscrições”, afirma Marizelia Castro, enfatizando que a comunidade está de portas abertas para novos cursos.

Uma das beneficiarias foi a jovem Sâmia Leite, ela conta que já tinha uma pequena experiência na área do corte de cabelo, mas lhe faltava mais experiência e um diploma para que ela pudesse conseguir um emprego. “Estou muito feliz com o resultado deste curso, e agora já me sinto preparada para trabalhar em qualquer salão de beleza”, comenta Sâmia Leite.

Somente neste final de ano foram oferecidas mais de 500 vagas para cursos profissionalizantes, em diversas comunidades de Teresina. Os cursos acontecem nos centros de capacitações da Fundação Wall Ferraz e em entidades sem fins lucrativos que se cadastraram junto à Fundação. Para ficar atento a novos cursos, basta acessar o site fwf.pmt.pi.gov.br ou seguir a Fundação nas redes sociais.

Moradores do Vale do Gavião concluem curso profissionalizante

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz, continua investindo na profissionalização da população, através de cursos gratuitos que ocorrem em vários bairros da capital. No Bairro Vale do Gavião, na zona Leste da cidade, foi finalizado o Curso de Decoração com Balões, beneficiando cerca de 20 moradores da região.

De acordo com o assessor técnico da Fundação Wall Ferraz, Sérgio Ribeiro, este curso melhorou a autoestima das mulheres da comunidade que, agora profissionalizadas, irão usar os ensinamentos no mercado de festas. “A decoração com balões é algo primordial em qualquer evento, seja ele pequeno ou grande, por isso temos a certeza que todas as alunas terão agora a oportunidade de gerar renda para suas famílias”, comenta Sérgio Ribeiro.

O Curso de Decoração com Balões faz parte do Projeto Profissionalizar Teresina, que neste mês de dezembro está garantindo a profissionalização de 500 teresinenses. Todos os cursos oferecidos pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos, para participar basta que o interessado fique atento ao calendário de cursos que é divulgado no site fwf.pmt.pi.gov.br.

97 vagas para cursos gratuitos continuam disponíveis na Fundação Wall Ferraz

Continuam abertas as inscrições para os cursos profissionalizantes gratuitos oferecidos pela Fundação Wall Ferraz. Os interessados podem se inscrever para as 97 vagas que ainda estão disponíveis. As inscrições tiveram início na última terça-feira, com 1.115 vagas.

Ainda estão disponíveis vagas paras os cursos de Manicure e Pedicure, Decoração com Balões, Corte de Cabelo e Barbearia, Panificação, Assistente Administrativo e Biscuit. Para participar o interessado deverá se dirigir a um dos postos de inscrição e apresentar documento de identidade com foto e CPF (originais e copias), além de comprovantes de endereço e de escolaridade.

A superintendente executiva da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira, conta que as vagas são preenchidas por ordem de chegada, e que em alguns locais as inscrições encerram uma hora após o inicio. “Essa foi uma das maiores ofertas realizadas pela Fundação Wall Ferraz e a resposta do público foi bastante positiva, porém temos ainda 97 vagas disponíveis”, conta Samara Pereira, orientando os interessados a buscarem os locais para efetuar a matricula no curso desejado.

Os cursos fazem parte do Projeto Profissionalizar Teresina, e nesta etapa beneficia entidades sem fins lucrativos como associações, fundações e igrejas que, ao longo do ano, se cadastraram para receber cursos profissionalizantes. Os cursos terão duração de 25, 30 e 60 horas, sendo a maioria deles realizados no período da tarde, outros quatro no turno da manhã e três no período noturno.

LOCAIS E CURSOS DISPONÍVEIS

MANICURE E PEDICURE
Associação de Desenvolvimento Cultural e Social
Quadra B Casa 04 – Residencial Ananias Carvalho
Fone: 99417-4378

União dos Moradores do Dom Helder
Rua Síria, n° 1942 – Parque Itararé
Fone: 99517-5815

Associação de Moradores da Chapadinha Sul
Chapadinha Sul

CORTE DE CABELO E BARBEARIA

Associação de Moradores do Res. Pedro Balzi
Fone: 99436-9933

Associação Fraternidade
R. São Lourenço – Ilhotas

DECORAÇÕES COM BALÕES
Associação de Moradores do Itararé
Praça dos Correios – Dirceu II

PANIFICAÇÃO
Associação das Mulheres da Cajazeiras
Cajazeiras

BISCUIT
Conselho Pastoral Paroquial
Bairro Porto do Centro
Fone: 99486- 5144

AUXILIAR ADMINISRTATIVO
Centro de Convivência Integrar (Vagas encerradas).

Prefeitura de Teresina oferece mais de mil vagas para cursos gratuitos

Iniciam nesta terça-feira (29) as inscrições para 1115 vagas em cursos profissionalizantes oferecidos gratuitamente pela Prefeitura de Teresina (PMT). Ao todo serão oferecidos 41 cursos pela Fundação Wall Ferraz (FWF), beneficiando várias associações moradores, conselhos comunitários, fundações e entidades sociais que se cadastraram ao longo de 2019.

Entre os cursos estão o de Assistente Administrativo, Manicure e Pedicure, Pintura em Tecido, Confeitaria, Organizador de Eventos, Operador de Caixa, Corte de Cabelo e Escova, Doces Finos, Decoração com Balões, Balconista de Farmácia, Agente de Portaria, Corte de Cabelo Masculino e Barbearia, Panificação, Design de Sobrancelha, Operador de Call Center, Feltro, Salgadeiro, Biscuit, Libras e Artesanato com materiais recicláveis. Os cursos terão duração de 25, 30 e 60 horas, sendo a maioria deles realizados no período da tarde, outros quatro no turno da manhã e três no período noturno.

O presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima, explicou que essa é a segunda etapa dos cursos oferecidos neste segundo semestre, e que as vagas atendem a necessidade de cada região. Um estudo técnico verificou a demanda destes locais e um encontro com as lideranças definiu os espaços onde cada curso será realizado. “O mercado de trabalho está cada vez mais exigente, e sem qualificação fica mais difícil algumas pessoas conseguirem um emprego ou montar um negócio de sucesso”, destacou Scheyvan Lima.

Além de possuir a idade mínima de 16 anos, os interessados nos cursos devem ter nível de escolaridade compatível com a especificidade de cada curso. Para se inscrever, basta ir até um dos locais onde os cursos serão executados e apresentar documento de identidade com foto e CPF (originais e copias), além de comprovantes de endereço e de escolaridade.

A relação dos locais está disponível no site fwf.pmt.pi.gov.br na seção de cursos. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada e encerrarão conforme a demanda de procura.

CONFIRA A RELAÇÃO DOS CURSOS E LOCAIS:

 

Fundação Wall Ferraz abre 508 vagas para cursos gratuitos nesta segunda-feira (12)

As inscrições para 23 cursos profissionalizantes gratuitos da Fundação Wall Ferraz estarão abertas a partir da próxima segunda-feira (12). Nesta etapa estão sendo ofertadas 508 vagas para os cursos, que serão realizados em nove centros de capacitação e em entidades parceiras, beneficiando moradores de vários bairros de Teresina.

Serão oferecidos aos interessados os cursos de Confeiteiro, Assistente Administrativo, Operador de Micro, Design de Sobrancelha, Balconista de Farmácia, Conserto e Manutenção de Celulares, Corte de Cabelo Masculino e Barbearia, Operador de Micro, Agente de Portaria, Marketing em Mídias Sociais, Confeitaria, Corte de Cabelo e Escova, Doces Finos, Eletricista Predial, Corte e Costura em Tecido, Panificação Artesanal, Organizador de Eventos, Feltro e Salgadeiro. As vagas disponíveis são divididas entre os projetos Capacitar para Empreender, que tem como objetivo incentivar o aluno a montar o seu próprio negócio, e o Profissionalizar Teresina, que visa capacitar pessoas com interesse em ingressar no mercado de trabalho formal e informal. Alguns dos cursos terão início no próximo dia 20 de agosto, e a estimativa dos idealizadores é que as vagas sejam totalmente preenchidas ainda na segunda-feira, já que segundo eles, tem aumentado o interesse das pessoas em se profissionalizar.

O presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima, explica que a Fundação preparou para este segundo semestre vagas em cursos que atendem a necessidade de cada região. Segundo ele, foi realizado um estudo técnico que verificou a demanda destes locais. “O mercado de trabalho está cada vez mais exigente, e sem qualificação fica mais difícil algumas pessoas conseguirem um emprego ou montar um negócio de sucesso”, destacou Scheyvan Lima.

Além de possuir a idade mínima de 16 anos, os interessados nos cursos devem ter nível de escolaridade compatível com a especificidade de cada curso. Para se inscrever, basta ir até um dos locais onde os cursos serão executados e apresentar documento de identidade com foto e CPF (originais e copias), além de comprovantes de endereço e de escolaridade.

Os cursos são ofertados de forma gratuita pela Prefeitura de Teresina, através da Fundação Wall Ferraz, e em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE, e com a Secretaria Municipal de Economia Solidária (SEMESTE), que por meio do Banco Popular irá ofertar uma linha de crédito para os alunos do Projeto Capacitar para Empreender.

Todas as informações sobre cursos, ofertas de empregos, workshops e ações de cidadania podem ser adquiridas no site fwf.pmt.pi.gov.br.

LOCAIS DOS CURSOS E INSCRIÇÕES:

ZONA SUDESTE

CENTRO DE CAPACITAÇÃO DO DIRCEU II

Rua 54 s/n próximo a Igreja de Santa Teresina

Cursos: Confeiteiro, Assistente Administrativo e Operador de Micro

ZONA SUL

CENTRO DE CAPACITAÇÃO DA VERMELHA

Rua 13 de Maio, nº 1718

Cursos: Marketing em Mídias Sociais e Operador de Micro

CENTRO DE CAPACITAÇÃO DA REDENÇÃO

Quadra N nº 4033

Cursos: Panificação Artesanal e Organizador de Eventos

CENTRO DE CAPACITAÇÃO DA CERÂMICA CIL

PI 130 s/n

Cursos: Doces Finos e Eletricista Predial

ZONA NORTE

UPS LAGOAS DO NORTE

Parque Lagoas do Norte

Cursos: Desingn de Sobrancelha, Balconista de Farmácia e Concerto e Manutenção de Celulares

CENTRO DE CAPACITAÇÃO DO PARQUE BRASIL

Rua da República, nº 3963

Cursos: Corte de Cabelo Masculino e Barbearia, Operador de Micro e Agente de Portaria

CENTRO DE CAPACITAÇÃO LEONEL BRIZOLA

Rua Projetada s/n

Curso: Feltro

CENTRO DE CAPACITAÇÃO DO POTI VELHO

Rua Desembargador Flávio Furtado, nº 1113

Cursos: Corte de Cabelo e Escova e Operador de Micro

CENTRO DE CAPACITAÇÃO DO PARQUE ALVORADA

Rua Pedro Brito, nº 1915

Cursos: Confeitaria e Agente de Portaria

CENTRO DE CAPACITAÇÃO DO ITAPERU

Rua Governador Arthur de Vasconcelos, nª 4695

Cursos: Corte e Costura em Tecido e Operador de Micro

ZONA LESTE

CENTRO SOCIAL SATÉLITE (BAIRRO SÃO JOÃO)

Rua Telegrafista Sebastião Portela, S/N, Bairro São João

Curso: Salgadeiro

No bairro Água Mineral, alunos concluem curso realizado com recursos do Orçamento Popular


Em novembro de 2018, a comunidade do bairro Água Mineral foi beneficiada com 30 vagas para o curso profissionalizante de Agente de Portaria. O curso realizado pela Fundação Wall Ferraz através do Orçamento Popular de Teresina, aconteceu na sede da Associação Comunitária de moradores do bairro e foi concluído nesta semana.

Durante o curso de 80 horas/aulas, os alunos puderam conferir que a rotina de um Agente de Portaria vai além do monitoramento e controle de acesso de pessoas, mercadorias e veículos e sistemas eletrônicos de segurança.

Para quem busca destaque na área, o instrutor Evandro Dórea recomenda que o profissional faça cursos voltados para proteção, identificação de indivíduos suspeitos e técnicas de abordagem. “Um bom Agente de Portaria deve ser atencioso, responsável, pontual e ter um bom relacionamento humano. Lidar com pessoas de diferentes níveis sociais e intelectuais é uma função diária desse profissional. Portanto, ele terá que saber se relacionar bem com todas elas”, pontua o instrutor da Fundação Wall Ferraz.

“O objetivo da Fundação Wall Ferraz é oportunizar melhoria de vida para os teresinenses através da qualificação profissional. Com recursos do Orçamento Popular podemos fortalecer ainda mais as políticas de qualificação do município e levar cursos sugeridos pela própria comunidade, promovendo qualificação e reforçando o nosso compromisso com os teresinenses”, afirma a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

No ano passado, a Fundação Wall Ferraz qualificou mais de 200 pessoas através do Orçamento Popular de Teresina nos cursos de Agente de Portaria, Design de Sobrancelha, Manicure e Pedicure, Vendedor, Espanhol, Doces e Trufas e Arte e Decoração com Balões.

O Orçamento Popular é um mecanismo implantado pela Prefeitura de Teresina para garantir participação popular na resolução das demandas das comunidades. É instrumento que permite que a comunidade participe de forma ativa e democrática da gestão pública, aproximando gestores e população, que indica, através das entidades comunitárias, quais obras e serviços são mais necessários e urgentes em suas regiões.

Todos os cursos ofertados pela Fundação Wall Ferraz são gratuitos e garantem capacitação de qualidade aos teresinenses, principalmente jovens e adultos de baixa renda, fomentando a inclusão socioprodutiva’, geração de renda e melhoria de qualidade de vida.

Os cursos profissionalizantes são realizados nas sedes das entidades parceiras e nos 12 Centros de Capacitação Profissional localizados nos bairros Parque Alvorada, Parque Brasil, Poty Velho, Itaperu, Leonel Brizola, Matadouro, Redenção, Cerâmica Cil, Vermelha, Piçarreira, Satélite e Dirceu.

QualificaTur abre inscrições para cursos profissionalizantes

A partir desta quarta-feira (3), o programa QualificaTur abre mais de cem vagas em quatro cursos profissionalizantes. O projeto desenvolvido pela Fundação Wall Ferraz e Semdec deve aperfeiçoar conhecimentos básicos sobre história local e turismo e propõe a profissionalização e desenvolvimento sustentável do meio turístico em Teresina, além de promover benefícios culturais e econômicos para a cidade. Os cursos também fornecerão informações sobre o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes no âmbito turístico e noções de acessibilidade necessárias para a excelência no atendimento. Interessados devem ter a partir de 18 anos. Aulas terão início ainda em outubro.

Metade das vagas do QualificaTur será destinada para quem já trabalha com o turismo na cidade de Teresina com ênfase nos setores hoteleiro, meios de transportes e condução de turismo local na cidade. Os outros 50% das vagas serão preenchidos pelo público em geral que cumprir os requisitos de escolaridade.

Os cursos oferecidos nesta etapa são de Camareira, Condutor de Turismo Local, Doces e Trufas com Identidade Regional e Organizador de eventos. Para se inscrever, os interessados que já trabalham nestas áreas devem entrar em contato com Semdec através da Coordenação de Turismo – Semdec, no telefone 3226-5654 ou se dirigir até a sede da Secretaria, localizada na Avenida Universitária, 750, Ininga. Para quem não é da área, a inscrições são realizadas nos Centos de Capacitação dos bairros Itaperu, Parque Alvorada e Vermelha. Para realizar a matrícula, o interessado precisa da cópia do RG, CPF e comprovante de residência.

“Com este projeto, pretende-se colocar à disposição dos turistas de Teresina uma melhoria dos serviços associados ao setor agregando valor a esse serviço de transportes, hotelaria, eventos, oferecendo ao visitante um serviço diferenciado e de excelente qualidade”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

O QualificaTur é desenvolvido desde 2014 e já capacitou mais de trezentos teresinenses.

Confira o cronograma

Pessoas em situação de rua finalizam curso de Artesanato em Mosaico

Oito pessoas em situação de rua atendidas pelo Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua -Centro POP- concluíram o curso de Artesanato em Mosaico. O curso, realizado pela Fundação Wall Ferraz através do Projeto Profissionalizar para Inserir foi iniciado em junho e foi encerrado na manhã de ontem (13).

“É uma iniciativa diferenciada e histórica que a Fundação Wall Ferraz vem desenvolvendo desde o ano passado. Nós entendemos que a formação profissional, quando levada a essa população, ela é mais que uma simples formação profissional. Essa qualificação oportuniza chances reais de aprendizado e mais que isso, leva voto de confiança. Então quando a gente abre essa oportunidade nós estamos dizendo que essa pessoa é capaz, que ela pode e que nós acreditamos em seu potencial”, pontuou a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

Manoel Mendes, aluno assíduo das aulas, o curso é uma grande oportunidade de aprender uma profissão e mudar de vida: “O curso é importante, pois posso buscar um novo meio de vida. E também é uma forma para me reintegrar à sociedade”, afirma.

O Projeto Profissionalizar para Inserir é desenvolvido pela Fundação Wall Ferraz e tem o principal objetivo de levar qualificação profissional para pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, como dependentes químicos, mulheres vítima de violência, população LBGTT, população em situação de rua, jovens em cumprimento de medidas socioeducativas e pessoas com deficiência.

O Centro POP é mantido pela Prefeitura de Teresina através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) e funciona de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 18h. Caso a população queira entrar em contato com o Centro para identificação de pessoas em situação de rua, deve ligar para o número 3215-9317.