Coronavírus: Fundação Wall Ferraz suspende ações públicas nos bairros de Teresina

Com o intuito de colaborar com a campanha contra o coronavírus no Brasil, a Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz resolveu, na manhã desta terça-feira (17), suspender por 15 dias todos os seus serviços externos. Essa medida começa a valer a partir da próxima quinta-feira (19) e cancela, temporariamente, 33 Ações de Cidadania que estavam previstas para acontecer na última quinzena de março em diversas comunidades da capital.

De acordo com o presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima, além da suspensão dos serviços externos, o órgão também estará realizando a substituição de funcionários em situação de vulnerabilidade que atuam no primeiro atendimento. “Para ajudar na campanha contra esse vírus tivemos que tomar essa atitude, não é algo isolado, vai acontecer em todos os órgãos da gestão municipal e é preciso que as pessoas entendam a gravidade desta doença e principalmente evitem aglomerações”, diz Scheyvan Lima.

Estavam previstas para acontecer atividades no Projeto Amor de Tia Norte e Sudeste, CEU Sul, SEMA, CREAS Leste, AMA, Centro de Convivência Jatobá, Caps, CMEI Erico Veríssimo, Parque da Cidadania e Ponte João Isidoro França, dentre outras comunidades. Os serviços que estavam previstos para esses locais passarão por uma reavaliação e tão logo seja comprovada a diminuição de casos suspeitos do coronavírus na cidade, os mesmo poderão ser agendados em novas datas.

Já as inscrições para a primeira etapa dos cursos profissionalizantes de 2020, que deveriam ocorrer de forma presencial nos centros de capacitação, foram alteradas para inscrição eletrônica por meio do site fwf.pmt.pi.gov.br. Em breve, a instituição estará lançando os calendários de cursos que serão executados em todas as zonas de Teresina.