Moradores Portal da Alegria concluem curso profissionalizante ofertado pela FWF

Dentro do Projeto de Capacitação Profissional para Produtividade e Renda, 20 moradores do Residencial Portal da Alegria VI-A, localizado na zona Sul de Teresina, concluíram esta semana o curso profissionalizante de operador de micro computador. A realização dos cursos se deu após uma análise técnica feita pela Fundação Wall Ferraz (FWF), que identificou a necessidade de capacitar os moradores em determinadas áreas, a exemplo do curso acima referido que é bastante exigido por empresas que atuam no ramo de Call Center.

Segundo Tâmara Coimbra, coordenadora do projeto, esta segunda etapa da capacitação atende diretamente 200 moradores, sendo eles divididos em nove cursos profissionalizantes. “Já iniciamos seis turmas, porém ainda temos vagas para os cursos de manicure, depilação e vendas, e o interessado em participar deve ser obrigatoriamente morador do bairro, já que este é um projeto específico para os moradores desta comunidade”, conta a coordenadora, reforçando que as inscrições estão ocorrendo no Centro de Artes e Esportes Unificados Ana Maria Rêgo, CEU Sul.

De acordo com o presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima, com a chegada das empresas que trabalham no ramo de Call Center, aumentou o número de pessoas que buscam este tipo de curso, e para qualificá-las, a instituição está aumentado a oferta de cursos. “Quando se faz um curso profissionalizante você tem novas perspectivas, aumenta a esperança e a autoestima, além de contribuir para o desenvolvimento da comunidade. Então, os moradores da região do Portal da Alegria, que são beneficiados com o “Minha Casa, Minha Vida”, estão tendo a oportunidade de aprender uma nova profissão e mudar de vida através da qualificação gratuita ofertada pela Prefeitura de Teresina”, pontuou Scheyvan Lima.

Todos estes cursos estão sendo realizados no Centro de Artes e Esportes Unificados Ana Maria Rêgo (CEU Sul), no Residencial Portal da Alegria, e são frutos de uma parceria entre a Prefeitura de Teresina e o Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. A execução dos cursos na comunidade fica a cargo da Fundação Wall Ferraz, em parceria com Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), e ainda da Fundação Padre Antônio Dante Civiero (FUNACI).

Projeto de capacitação profissional beneficiará 400 pessoas na zona Sul

Foto: Geirlys Silva

A Fundação Wall Ferraz, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação lançou na tarde desta quinta-feira (19) um novo projeto de qualificação profissional. O Projeto Capacitação Profissional para Produtividade e Renda vai beneficiar a população atendida pelo Programa Minha Casa, Minha Vida, residentes no Portal da Alegria VI B. Nesta primeira etapa, 400 pessoas devem ser beneficiadas com os cursos os profissionalizantes.

A cerimônia de lançamento foi realizada no Centro Esportivo Unificado Ana Maria Rego (CEU), localizado no Residencial Torquato Neto, e contou com a participação do prefeito de Teresina, Firmino Filho.  Na oportunidade, ele destacou que os cursos são ferramentas importantes de estruturação e afirmação de projetos sociais como o Minha Casa Minha, além de oferecer oportunidades para cada morador, de modo a fortalecer a comunidade com um todo.

“É uma grande alegria participar desse lançamento por três motivos: o primeiro é ver o cuidado com que o CEU está sendo tratado; o segundo é porque essas atividades são um complemento do Minha Casa Minha Vida. Até o momento, já foram entregues cerca de 18 residenciais na capital e muitas das unidades habitacionais estão na zona Sul.  E alegria maior é poder entregar esses cursos à população”, disse Firmino Filho.

Quem também destacou a importância desses cursos para a comunidade foi Samara Pereira, presidente da Fundação Wall Ferraz. “Um dos grandes objetivos da Fundação Wall Ferraz é levar qualificação e oportunidade de geração de renda para os teresinenses. Com mais esse projeto, nós vamos garantir que os moradores da zona Sul possam estar cada vez mais qualificados para enfrentar o mercado de trabalho ou mesmo desenvolvam atividades autônomas e empreendedoras”, pontuou

Marco Antonio Ayres, Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação destaca a importância da parceria com a Fundação Wall Ferraz. “As parcerias com a FWF sempre dão certo. Dessa vez não será diferente. Nós temos até cadastro de reserva e as turmas estão lotadas. Sem falar que, com esta parceria, os recursos irão circular em nossa cidade. Não vamos precisar de uma empresa de fora”, afirmou.

Os cursos ofertados serão:  Agente de Portaria, Assistente Administrativo, Corte de Cabelo e Escova, Depilação, Decoração com Balões, Bombeiro Hidráulico, Operador de Microinformática e Técnicas de Vendas, e serão realizados nos espaços do CEU Sul e nos Centros de Capacitação dos bairros Redenção e Vermelha.

Durante todas as atividades, as famílias serão assistidas pelo apoio de recreadores infantis, para acompanhamento das crianças, de modo a facilitar que seus responsáveis realizem tranquilamente as atividades do projeto.

Ao final dos cursos, os atendidos pelo projeto poderão participar do Workshop de Qualificação Profissional do Balcão do Trabalhador onde terão a oportunidade de se prepararem para os processos de seleção na busca do emprego e inserção no mercado de trabalho. Também será realizada uma feira para que os concludentes dos cursos possam mostrar suas novas formas de geração de renda.

Os beneficiários também vão participar de diálogos sobre gênero promovidos pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, visando o enfrentamento da desigualdade de gênero e empoderamento feminino.

A realização do Projeto Capacitação Profissional para Produtividade e Renda representa o fortalecimento da política de qualificação profissional realizada pelo município de Teresina, constituindo uma ferramenta para que essas famílias beneficiadas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida possam conseguir qualificação para o mercado de trabalho e para a geração de emprego e renda através de atividades autônomas e empreendedoras.