3ª Feira de Empregos e Negócios teve 6.300 atendimentos

Encerrou na última sexta-feira (30/08), a 3ª Feira de Empregos e Negócios, evento realizado pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF),  com o apoio de diversos órgãos e empresas privadas. Nos dois dias de evento, 6.300 pessoas foram atendidas nos stands montados no Espaço Rosa dos Ventos, na Universidade Federal, zona Leste da capital.

O presidente da FWF, Scheyvan Lima, destacou o crescimento da feira, e que o sucesso foi tão grande, que ainda este ano a instituição irá formar uma equipe para já iniciar os trabalhos da 4ª Feira de Empregos e Negócios. “Fizemos a feira deste ano baseada nos números de atendimentos realizados nas últimas edições, e agora já vamos iniciar os preparativos da próxima feira, para que mais pessoas possam ser atendidas, e evitar que empresas fiquem sem contratar por conta da ausências de profissionais”, afirma Scehyvan Lima.

Scheyvan Lima, Samara Pereira, Heline Santos, Elimária Marques (Fundação Wall Ferraz) e Daniel Carvalho (SINE).

A coordenadora da 3ª Feira de Empregos e Negócios, Samara Pereira, que também é superintendente executiva da FWF, ressaltou que na última edição ocorreram dois mil atendimentos, e que este ano o número triplicou, mostrando que a feira já faz parte do calendário de negócios do município. “Foram meses preparando este evento, e como é de conhecimento de todos houve uma grande procura, mas agora já temos a certeza do que precisa ser feito para que nas próximas edições todos possam ter a oportunidade de participar das seleções”, comenta Samara Pereira.

Artesãs que fazem parte do quadro de colaboradores da Fundação Wall Ferraz, também estiveram expondo seus produtos nos dois dias da Feira de Empregos e Negócios, uma delas foi Adriana Borges, que há três anos vem se dedicando a criação de bonecas. “Faço meu trabalho voltado para inclusão, aqui tenho bonecas voltadas para o público afro descendente e portadores de necessidades especiais, e graças a essas feiras, tenho conseguido pagar minhas contas em dias”, afirma.

Adriana Borges é colaboradora da FWF e trabalha com um público especial.

500 pessoas foram atendidas pelo SINE

O SINE foi um dos grandes parceiros que abrilhantaram essa terceira edição da feira, nos dois dias, 500 pessoas foram atendidas, sendo que boa parte delas compareceram ao espaço para se cadastrar no banco de empregos. Além do cadastro no banco de empregos, o SINE ofereceu serviços de agendamento de emissão de carteira de trabalho e seguro desemprego.

Mais de 500 pessoas foram atendidas pelo SINE durante os dois dias de feira.

Desempregada há cinco meses, Arlete Rodrigues, que reside no Bairro Dirceu Arcoverde I, na zona Sudeste da capital, perdeu o cadastro antecipado nos seis postos criados pela organização do evento, mas mesmo assim não desistiu e nos momentos finais da feira, ao incluir seu nome no banco de dados do SINE, recebeu a notícia de que já tinha data e local para uma entrevista de emprego na área em que ela buscava. “Confesso que vim meio triste, pois apesar da organização avisar que teríamos novas chances durante a feira, muitos não deram importância, achando que um banco de dados de reserva não faz a diferença para quem busca um emprego. Saio daqui feliz, e agora é só esperar o dia da entrevista chegar para que possa enfim conseguir o meu tão sonhado emprego”, conta Arlete Rodrigues, que conseguiu uma entrevista para trabalhar como garçonete.

O coordenador do SINE, Daniel Carvalho, conta que muitas das pessoas que passaram pelo stand já saíram de lá com encaminhamentos para serem entrevistadas em empresas. “Ficamos felizes em saber que estamos contribuindo com aqueles que tentam ganhar a vida de forma justa, por isso o SINE vem reforçando sua relação com as empresas de Teresina, isso para garantir que mais teresinenses possam voltar a viver feliz tendo a garantia de um salário mensal”, conta Daniel Carvalho, aproveitando o espaço para garantir que o SINE continuará sendo parceiro da FWF em eventos como a Feira de Empregos e Negócios.

A gerente operacional do SINE, Noélia de Carvalho, conta que os serviços oferecidos na feira, foram apenas uma pequena amostra dos trabalhos realizados pelo órgão em sua sede e nos postos de apoio. “Para que não conseguiu chegar até aqui, nossas portas continuam abertas para os trabalhadores da capital, como também de todo o estado”, afirma Noélia de Carvalho.

Noélia de Carvalho, gerente operacional do SINE

Empresas comemoram os resultados

A gerente de Recursos Humanos do Grupo R. Carvalho, Joseane Mota, conta que ficou bastante feliz com o número de pessoas que escolheram trabalhar na empresa que ela atua, e mais feliz ainda em saber que além da contratação de algumas pessoas, agora a empresa tem um banco de dados atualizado, favorecendo a contratação de novos colaboradores. “Muitas vezes temos até o currículo de pessoas que podem se encaixar em nossa equipe, porém ficamos reféns de perfis desatualizados, impossibilitando o contato com aqueles que buscam uma vaga de emprego. Sobre a feira, a coordenadora afirma que foi um grande sucesso, e que espera ter a oportunidade de poder participar das próximas edições”, afirma Joseane Mota.

Gerente de Recursos Humanos do Grupo R. Carvalho, Joseane Mota. 

Também foram parceiras as empresas do Grupo Ferro Norte, Grupo Cacique, Damásio Moto peças, Frango Forte, Grupo Geraldo Oliveira, Grupo Vanguarda, R. Carvalho, Pax União, Discar Distribuidora, Microlins, Grupo JAP, Grupo Jorge Batista, Vikstar, Armazém Paraíba, VOX, Nazária Distribuidora, Alfa Bebidas, Renove Pneus, Panificadoras Ideal, Stone Pagamentos S/A, Inovance, Ímpar RH, RG Cosméticos e Pitágoras e Instituto Camilo Filho.

Oportunidade para os jovens 

Não foram somente os adultos com experiências que conseguiram oportunidade durante a feira, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE-Teresina), esteve no local com um stand oferecemos estágios para jovens de 18 a 21 anos que nunca estiveram incluídos no mercado de trabalho. O jovem Matheus Joine, que reside no Bairro Parque Progresso, na zona Sudeste de Teresina, conta que através da feira conseguiu chegar até o CIEE, e que agora está com uma entrevista de estágio em uma empresa que fica próxima a sua casa. “Não tenho palavras para demonstrar o meu sentimento de felicidade, pois além de conseguir essa entrevista, a empresa que abriu as portas para que eu possa mostrar meus potenciais, fica na mesma região em que moro”, relata Matheus Joine.

Dezenas de jovens lotaram o stand do CIEE em busca do primeiro emprego.

 

 

Moradores do Aeroporto concluem curso de decoração com balões

Antenada com as novidades que geram renda para a população, a Prefeitura de Teresina, através da Fundação Wall Ferraz (FWF), concluiu mais um curso profissionalizante, desta vez beneficiando os moradores do bairro Aeroporto, que fica na zona Norte da capital. O curso de decoração com balões faz parte do Projeto Cursos de Férias, feito para as pessoas que não dispõem de muito tempo para adquirir qualificação profissional nas demais datas do ano.

Com duração de 30 horas-aula, o curso atendeu 24 moradores da região, que agora estão aptos a ingressar no mercado de trabalho, gerando renda para suas famílias. Segundo a superintendente executiva da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira, Teresina tem se destacado por ser uma cidade em que se promove muitos eventos festivos e a atividade de arte com balões surge nesse contesto como uma atividade efetiva de geração de renda. “Realizamos este curso em parceria com a Igreja Adventista, porém neste mês de agosto, estamos nos preparando para abrir novas turmas para atender à grande demanda que existe em nossa cidade”, comenta Samara. Enfatizou, ainda, que esses cursos estão disponíveis para outras comunidades, bastando apenas que os representantes de associações, igrejas ou fundações formalizem o pedido através de ofício.

O Projeto Cursos de Férias está praticamente chegando ao fim e atendeu oito comunidades de diferentes regiões de Teresina, sendo ferramenta importante na qualificação profissional de 200 teresinenses. Todos esses cursos foram realizados através de parcerias com instituições que buscaram apoio junto à Fundação Wall Ferraz, e fazem parte de uma proposta que procura estreitar os laços entre a instituição, entidades representativas e igrejas.

NOVOS CURSOS

Neste mês de agosto, a FWF irá iniciar 11 novos cursos, beneficiando 220 teresinenses. As datas de inscrição, bem como os cursos e locais onde deverão ocorrer, serão divulgadas em breve no site fwf.pmt.pi.gov.br.

Fundação Wall Ferraz atendeu 500 pessoas no Teresina em Ação

Aconteceu no último sábado (20), mais uma edição do Projeto Teresina em Ação que foi realizado no Parque Lagoas do Norte, localizado no Bairro Mataduro, na zona Norte de Teresina, atendendo centenas de pessoas de diversas regiões da capital. O evento teve como parceira a Fundação Wall Ferraz (FWF), que esteve no local oferecendo os serviços de corte de cabelo, pintura de rosto infantil e ainda exposição e oficinas de artesanato.

Desempregada e sem condições financeiras para cuidar da beleza, a dona de casa Maria do Livramento, que mora no Bairro Acarape, chegou cedo ao evento para aproveitar o serviço de corte de cabelo. Além disso, ela também aproveitou a oportunidade para atender ao pedido da filha, que queria o serviço de pintura de rosto. “Já conheço os serviços da FWF, por isso vim cedo para garantir meu atendimento, minha filha também é apaixonada por essas pinturas de rosto, e sempre que ela sabe da realização desses eventos, faz questão de me acompanhar”, conta ela, afirmando também que este é um projeto muito importante, pois oferece à população carente serviços que eles muitas vezes não têm acesso.

Samara Pereira, superintendente executiva da Fundação Wall Ferraz, conta que essa parceria com o Teresina em Ação fortalece as ofertas de serviços junto à população, além de despertar as habilidades manuais e possibilidades de geração de emprego e renda através das oficinas de artesanato. “Além do lazer, a Prefeitura de Teresina também trabalha com o despertar da formação profissional, e essa é uma oportunidade para que nós que fazemos a FWF possamos divulgar para o público os serviços oferecidos em nossos 12 Centros de Qualificações e no Balcão do Trabalhador”, comenta Samara Pereira.

Nesta edição do Teresina em Ação, a Fundação Wall Ferraz realizou 500 atendimentos, dando mais qualidade de vida aos teresinenses. Nos próximos dias, a entidade também estará promovendo novas ações de cidadania, para saber os locais basta que o interessado acesse o site fwf.pmt.pi.gov.br .

Instituições de acolhimento a idosos recebem qualificação profissional

Visando a qualificação dos profissionais que atuam nas instituições de longa permanência, a Prefeitura de Teresina (PMT), por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF), está realizando um ciclo de palestras e oficinas de artesanatos em algumas instituições da capital. Nesta primeira etapa, foram beneficiadas as instituições Flores de Maria, na zona Leste, e Manain, na zona Sul, e a meta é levar o projeto para outros locais que atuem nesta mesma área.

Nesta ação, as instituições recebem uma capacitação dirigida aos cuidadores, na qual é trabalhado o aspecto técnico do cuidado com a pessoa idosa, bem como a expectativa do direito. Já na segunda etapa, são os idosos que recebem orientações de como trabalhar com artesanato. Segundo Samara Pereira, superintendente executiva da Fundação Wall Ferraz, o objetivo desta ação é fortalecer a política de atenção à pessoa idosa em Teresina e surgiu após uma demanda posta pelas próprias instituições acerca da necessidade de profissionalizar os cuidadores que trabalham nos abrigos. “No ano passado realizamos o curso de cuidador de idoso, uma turma específica para essa área. E para o segundo semestre deste ano já estamos preparando um novo curso a fim de atender novas pessoas que desejam ingressar nesta área”, conta Samara Pereira.

Juntas, as instituições de longa permanência atendem 62 idosos, e os serviços são totalmente gratuitos, só que muitas pessoas que lá atuam são voluntárias, por isso a Fundação Wall Ferraz está investindo na qualificação profissional destas pessoas que já fazem um trabalho exemplar. Este serviço também está aberto para outras instituições, para solicitar, bastar que o gestor procure a sede da Fundação Wall Ferraz, que fica localizada na Rua Coelho Rodrigues, 900 (Centro/Norte).

Crianças terão serviço gratuito no The Vejo na Ponte

Parceira em mais uma edição do The Vejo na Ponte, a Fundação Wall Ferraz terá um espaço dentro da programação do evento, oferecendo a criançada o serviço de pintura de rosto. O festival começa neste domingo (07), no Complexo Cultural da Ponte Estaiada, contando com a apresentação de diversos nomes do cenário musical local.

A exemplo de outros eventos semelhantes, a meta da Fundação Wall Ferraz é atender cerca 100 crianças por cada dia de evento, e para isso irá colocar à disposição do festival, profissionais que participaram do processo seletivo anual do órgão. “Temos toda uma preocupação de oferecer serviços de qualidade, por isso todos os instrutores que participam de nossas atividades passaram pelo seletivo, onde tiveram seus currículos analisados. Além disso, todo o material usado no rosto das crianças segue um padrão de qualidade, e não oferece riscos.”, conta Samara Pereira, superintendente executiva da Fundação Wall Ferraz.

O 2º Festival The Vejo na Ponte é uma realização da Prefeitura Municipal de Teresina, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), em parceria com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC) e a Fundação Wall Ferraz (FWF).

Além do The Vejo na Ponte, a Fundação Wall Ferraz irá divulgar ainda essa semana, uma série de ações sociais que deverão ocorrer em diversas zonas da capital. Para ter acesso aos trabalhos desenvolvidos, basta acessar o site fwf.teresina.pi.gov.br, ou acompanhar a FWF nas redes sociais.