Os estabelecimentos que comercializam medicamentos, cosméticos e produtos de higiene pessoal passam a contar, a partir de agora, com novos profissionais capacitados pela Prefeitura de Teresina, através da Fundação Wall Ferraz. O Curso de Atendente de Farmácia realizado no Centro de Capacitação do Dirceu II, na zona Sudeste da capital, garantiu a 35 moradores da região a oportunidade para que eles possam ingressar no mercado de trabalho.

Segundo o presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima, apesar de serem vistas como um comércio, as farmácias também são um estabelecimento de saúde, e para atuar na área o profissional deve ter no mínimo um curso profissionalizante e obedecer a diversas regras que regem os profissionais de saúde. “Ao longo dos dois últimos anos tem crescido visivelmente o número de farmácias na capital, mas muitas vezes elas deixam de contratar a mão de obra por falta de profissionais qualificados, por isso estamos melhorando a oferta nesta área, garantindo oportunidade para aqueles que buscam ingressar no mercado de trabalho”, afirma Scheyvan Lima, esclarecendo ainda que o atendente de farmácia não substitui o farmacêutico, que é uma função diferente, e com nível educacional superior.

O curso teve duração de 60 horas aulas, e foi ministrado pela professora Kelly Ane Costa, formada em Biologia/UESPI e em Farmácia/FSA, e que faz parte do corpo de instrutores da Fundação Wall Ferraz. Ela conta que ficou muito feliz com a oportunidade de passar seus conhecimentos para aqueles que desejam mudar de vida através de um emprego digno, e que os alunos tiveram os mesmos métodos de aprendizado utilizados pelos cursos particulares. “Foi um curso muito rico com um material didático bem elaborado. As aulas conciliaram a teoria discutida em sala de aula com a prática, através de uma simulação realística daquilo que eles irão encontrar no mercado de trabalho”, disse a professora, afirmando que ficou surpresa com o desempenho dos alunos.

Na sala de aula, a pedagoga Ivonete dos Santos, que reside no bairro Renascença II, aproveitou cada momento para aprender os ensinamentos oferecidos durante o curso, a ideia dela é deixar a profissão atual para atuar no atendimento de farmácia. “Esta foi uma oportunidade muito boa para nós que não temos acesso a cursos particulares, com o que aprendi já estou apta a trabalhar em qualquer farmácia, só que também pretendo fazer o curso de Libras, para ser algo a mais no meu perfil profissional”, comenta Ivonete Santos.

Além das noções técnicas da área da saúde, os alunos também participaram de aula em que foram debatidos temas relacionados à ética e moral, educação ambiental, qualidade de vida, noções de direitos trabalhistas e empreendedorismo. Essa segunda etapa foi ministrada pela professora Lea de Sousa Macedo, formada em Serviço Social, e que também faz parte do quadro de instrutores da Fundação Wall Ferraz.

Todos os cursos oferecidos pela Prefeitura de Teresina e Fundação Wall Ferraz são gratuitos e para participar basta que o interessado fique atendo ao calendário de novos cursos no site fwf.pmt.pi.gov.br. O curso de Atendente de Farmácia faz parte do Projeto Profissionalizar Teresina, que neste final de ano está capacitando cerca de mil teresinenses.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).